Open Journal Systems

GERMINAÇÃO DE SEMENTE E DESENVOLVIMENTO INICIAL DA PLÂNTULA DE BRÓCOLOS EM FUNÇÃO DE SUBSTRATOS E TEMPERATURAS

Janaína MAURI, José-Carlos LOPES, Adésio FERREIRA, José-Francisco Teixeira do AMARAL, Allan Rocha de FREITAS

Resumo


No presente trabalho objetivou-se avaliar a germinação da semente e o desenvolvimento inicial da plântula de brócolos em função de substratos e temperaturas. O trabalho foi realizado no Laboratório de Tecnologia e Análises de Sementes do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Espírito Santo (CCA/UFES), em Alegre-ES, Brasil. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente ao acaso, com quatro repetições de 25 sementes por tratamento, em um esquema fatorial 2 x 6 x 4 (dois lotes de sementes, seis substratos e quatro temperaturas).  Os substratos utilizados foram: Plantmax® (S1); Plantmax®+Fertium® 1 g dm-3 (S2); Plantmax®+Fertium® 2 g dm-3 (S3); solo+areia+esterco (S4); solo+areia+esterco+Fertium® 1 g dm-3 (S5); solo+areia+esterco+Fertium® 2 g dm-3 (S6). As temperaturas testadas foram 20 ºC, 25 ºC, 30 ºC, 20-30 ºC. Para a germinação das sementes e o desenvolvimento inicial das plântulas de brócolos devem ser utilizados os substratos Plantmax® e Plantmax® enriquecido com Fertium®.  A temperatura 25 ºC é a recomendada para a germinação de sementes de brócolos.


Palavras-chave


Brassica oleracea var. italica, vigor, propagation; Palavras-chave: Brassica oleracea var. itálica; vigor; propagação

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rsa.v11i4.18261