Open Journal Systems

CARACTERÍSTICAS ESTRUTURAIS E MORFOGÊNESE DE AZEVÉM ANUAL EM RESPOSTA AO NITROGÊNIO

Sebastião Brasil Campos Lustosa

Resumo


A morfogênese foliar do azevém, ou seja, a sua dinâmica do aparecimento, elongação e senescência foliar e, o ajuste de um modelo de diluição de nitrogênio, foram avaliados sob cinco doses de nitrogênio (0, 75, 150, 225 e 300 kg N.ha-1), no período de maio a outubro de 1998. Para se avaliar os parâmetros morfogênicos e estruturais do azevém, utilizaram-se vinte perfilhos marcados por unidade experimental, num delineamento inteiramente casualizado com três repetições. Para o ajuste do modelo de diluição, foram cortadas semanalmente parcelas rentes ao solo. O nitrogênio promoveu aumentos mais pronunciados nas taxas de aparecimento e elongação durante o período de estabelecimento, o que resultou na redução do filocrono. A taxa de senescência foliar foi principalmente afetada pela redução na disponibilidade de nitrogênio. O índice de área foliar foi a variável que melhor caracterizou os efeitos da adubação nitrogenada e o modelo de diluição. O nível 225 Kg N.ha-1 não limitou o desenvolvimento do azevém. Considerando que não houve limitações hídricas e nutricionais, então o nitrogênio aplicado condicionou o desenvolvimento aéreo e o acúmulo de forragem do azevém anual.


Palavras-chave


leaf appearance rate; phyllochron; Lolium multíflorum; nitrogen.

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rsa.v4i1.1081