Open Journal Systems

MICOTOXINAS NA ALIMENTAÇÃO DO GADO LEITEIRO DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA: UM (DES)CONHECIMENTO QUE FAZ DIFERENÇA

Lia Suzana Guimarães Coimbra

Resumo


No presente trabalho obteve-se informações referentes ao conhecimento dos produtores de leite da Bacia Leiteira da Região Metropolitana de Curitiba, em relação as micotoxinas presentes na alimentação do gado leiteiro, bem como, sobre a orientação fornecida ao criadores de bovino leiteiro da região e qual a participação de instituições públicas no controle destas contaminações, a fim de minimizar os danos para os animais e a saúde humana, evitando prejuízos de ordem social e econômica. A metodologia escolhida fundamentou-se em abordagens qualitativas usando-se entrevista como processo de coleta de dados. As entrevistas foram realizadas com doze produtores de grandes, médias e pequenas propriedades. Técnicos de instituições públicas e privadas foram entrevistados sobre a fiscalização, controle e legislação específica do assunto. Observou-se durante a análise dos resultados que os produtores de leite não conhecem as micotoxinas e os danos causados por elas, porém, 100% deles descartaram rações e silagens mofadas. Verificou-se também que não há fiscalização e controle eficiente pelos órgãos governamentais. Cabe, portanto, aos órgãos competentes, aos profissionais envolvidos na área, bem como as Universidade, levar conhecimento sobre o assunto aos produtores de leite para que possam ser tomadas as medidas profiláticas viáveis.


Palavras-chave


Milk quality; contaminated silage; aflatoxin9l; fungi.

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rsa.v4i1.1074