IMPACTO AMBIENTAL SONORO NO TRECHO SUL DA LINHA VERDE NA CIDADE DE CURITIBA, PARANÁ, BRASIL

Fernando Bunn, Marcus Manfrin Oliveira Filho, Paulo Henrique Trombetta Zannin

Resumo


O presente estudo apresenta a avaliação do impacto sonoro gerado na Linha Verde trecho sul. Para realização deste estudo foram efetuadas medições em 24 pontos em uma extensão total de 14 km – a partir do Contorno Sul até o Jardim Botânico. A partir de todas as informações obtidas neste estudo concluiu-se que o tráfego de veículos na Linha Verde – Trecho Sul produz um impacto ambiental que resulta em níveis de poluição sonora inadequados para as pessoas que vivem ou trabalham em torno desta via. O nível de ruído para todos os 24 pontos analisados está acima dos valores aceitos pela lei municipal de Curitiba 10.625:02, ou seja, está acima de 65 dB(A) no período diurno. Através do estudo observou-se que a geração de ruído no local é constante e intensa, sendo o ruído fundamentalmente gerado pelo fluxo intenso de veículos leves (carros de passeio, utilitários e motocicletas) e veículos pesados (caminhões, ônibus). Os mapas acústicos mostraram ser uma ferramenta importante na caracterização de áreas atingidas pelo ruído. Através de todas essas análises percebe-se que a melhoria em relação à poluição sonora está ligada diretamente a questões de planejamento e infraestrutura, sendo então necessária a parceria entre áreas governamentais de planejamento, desenvolvimento urbano, transportes, meio ambiente, educação e a comunidade científica para a melhoria dessa questão ambiental e consequentemente a melhoria da qualidade de vida de vida das pessoas que habitam esta região.

 


Palavras-chave


Poluição Sonora, Impactos Ambientais, Linha Verde, Medições Sonora, Mapeamento Acústico.

Texto completo:

ARTIGO AUTORIZAÇÃO


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/raega.v38i0.41165

_____________________________________________

ISSN (IMPRESSO) 1516-4136 até 2008

ISSN (ELETRÔNICO) 2177-2738 a partir de 2009