Open Journal Systems

A doutrina do método na terceira Crítica

Clélia Aparecida Martins

Resumo


A Doutrina do método da Critica da faculdade do juízo diz respeito faculdade de julgar teleológica (§ 79-91). Nesse Apêndice, logo no seu início (§ 79), Kant procura esclarecer como o pensar teleológico, segundo o princípio de causa final, interpreta a essência e os fenômenos da natureza. No entanto ele deixa claro: a teleologia não é ciência, não pertence a uma doutrina, tampouco pertence a teologia como uma parte sua, posto seu objeto não ser Deus, embora nela possa ser feito o seu mais importante uso (KU AA 05: 416). Se a teleologia não pertence a teologia e nem é ciência, por que há necessidade de uma Doutrina do método para o juízo teleológico? Responder a esta incógnita é o propósito deste texto. E procurar-se-á atingi-lo tendo como suposição que a teleologia, mormente não ter o caráter doutrinal de ciência que exige uma Methodenlehre, pode ser vista como uma ciência crítica de passagem, por poder intermediar o ãmbito da natureza e o da liberdade, e, como tal, estar entre ciência da natureza e teologia. 


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/sk.v10i12.88799

Apontamentos

  • Não há apontamentos.