A CRITICA MARXISTA DO ESTADO HEGELIANO

Cesar Augusto Ramos

Resumo


O presente texto tem por objetivo expor os principais pontos da crítica marxiana ao modelo aristotélico-hegeliano de Estado. O ponto central desta crítica está no processo de "abstração " que a filosofia política hegeliana opera para pensar o privado e o público, o indivíduo e o cidadão.


Texto completo:

PDF


Revista de Sociologia e Política. ISSN: 0104-4478 (versão impressa)
1678-9873 (versão online)