NOTAS SOBRE A TAYLORIZAÇÃO SOVIÉTICA DO TRABALHO

Glauco Arbix

Resumo


O artigo analisa a introdução dos métodos de organização do trabalho elaborados por Taylor nas fábricas da União Soviética, no período de Lênin. As adaptações soviéticas do taylorismo criaram um sistema de produção baseado na estrita vigilância do trabalho e do trabalhador, marcando de forma profunda toda a industrialização da URSS. A disciplina no trabalho, o controle, a ausência de mecanismos de expressão dos trabalhadores — prolongamento nas fábricas do regime social e político totalitário — sufocaram toda possibilidade de geração de uma forma nova de produzir. Além de comprometer no médio prazo a produtividade e a qualidade de todo o sistema.


Texto completo:

PDF


Revista de Sociologia e Política. ISSN: 0104-4478 (versão impressa)
1678-9873 (versão online)