CRESCIMENTO INICIAL DE MUDAS DE Senna silvestris (Vell.) H. S. Irwin & Barneby CULTIVADAS EM DIFERENTES SUBSTRATOS

Álisson Sobrinho Maranho, Ary Vieira de Paiva

Resumo


Face à importância do estudo sobre as espécies florestais nativas quanto às suas exigências aos fatores externos, o presente estudo teve por objetivo avaliar o crescimento de mudas de Senna silvestris, espécie arbórea com potencial para arborização urbana e revegetating em áreas degradadas, cultivadas em diferentes substratos. O experimento ocorreu em delineamento inteiramente casualizado, com três substratos – areia, resíduo de açaí e o comercial Plantmax (tratamentos), repetidos 20 vezes, com uma plântula por saco plástico, acompanhadas por 90 dias. Os parâmetros avaliados foram altura, diâmetro do colo, pesos de massa seca da parte aérea, radicular e total, Índice de Qualidade de Dickson e relação altura por diâmetro do colo. Houve correlação positiva entre altura e diâmetro do colo das mudas para os substratos Plantmax (r = 0.51) e resíduo de açaí (r = 0.88). O substrato Plantmax proporcionou maior crescimento das mudas de Senna silvestris, quando avaliadas por todos os parâmetros.

Palavras-chave


Plantmax, resíduo de açaí, espécie florestal nativa, arborização urbana

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v6i4.66483

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.