DIAGNÓSTICO DA ARBORIZAÇÃO DA ÁREA CENTRAL DA CIDADE DE SANTO CRISTO – RS

Márcia Cristina Gerhardt, Nilvane Ghellar Muller, Silvia Raquel Scherer Wolski

Resumo


Realizou-se o diagnóstico quali-quantitativo da arborização da área central da cidade de Santo Cristo - RS. Nessa área central, previamente demarcada em mapa da cidade, foi realizada uma amostragem, totalizando 28 ruas. Os dados foram coletados em formulário padronizado, que continha informações sobre data de coleta, nome da rua, nome vulgar das espécies, circunferência à altura do peito, altura, fitossanidade da árvore e de poda e espaçamento e afastamento entre árvores. Nas 28 ruas inventariadas, foram encontradas 3403 plantas
arbóreas, pertencentes a 63 espécies, sendo uma delas, Cinnamomum zeylanicum Blume, responsável por quase 30% dos indivíduos levantados. O predomínio de espécies exóticas foi bem significativo na composição da arborização, o que não é recomendado. Das condições
fitossanitárias dos indivíduos pesquisados, houve uma predominância de 79,43 % danificados, decorrente da má utilização da poda, da concentração de espécies exóticas e da falta de diversidade entre elas. Diante deste estudo, é necessário realizar um planejamento dessa área
central, respeitando as limitações de cada espécie, diversificando a arborização e fazendo o devido manejo desses indivíduos, afim de evitar mais conflitos e usufruir assim dos seus benefícios.

Palavras-chave


arborização urbana, planejamento urbano

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v6i1.66390

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.