ANÁLISE DA ARBORIZAÇÃO NO CONTEXTO URBANO DE AVENIDAS DE SANTA MARIA, RS

Tales Rafael Andreatta, Fernanda Alice Antonello Londero Backes, Rogério Antônio Bellé, Mauricio Neuhaus, Leonita Beatriz Girardi, Natalia Teixeira Schwab, Bruna Schmitz Brandão

Resumo


A arborização urbana constitui um elemento de fundamental importância para a obtenção de uma elevada qualidade de vida da população. No entanto, poucas cidades brasileiras possuem um planejamento para as suas vias públicas.  O objetivo do trabalho foi avaliar qualitativa e quantitativamente a arborização de espécies arbóreas e arbustivas em doze avenidas de Santa Maria, RS. O inventário foi realizado de janeiro a abril de 2010. Foi amostrada uma população de 2.465 exemplares arbóreos, pertencentes a 95 espécies distribuídos em 30 famílias e a presença de 497 exemplares arbustivos, pertencentes a 34 espécies e a 19 famílias botânicas. De maneira geral, as espécies arbóreas de maior
frequência foram Syagrus romanzoffiana (17,77%), Ligustrum lucidum (10,67%), Jacaranda mimosifolia (9,41%), Tipuana tipu  (7,63%) e arbustivas foram Duranta erecta (30,18%) e Yucca guatemalensis (18,71%). A maioria das plantas encontra-se em estado geral bom e
regular (38%), com copa normal e deformada (34%) e ausência de danos à calçada (84%) e à fiação (85%). Pela análise da vegetação observou-se que há uma deficiência no planejamento da arborização deste município e que as avenidas necessitam de revitalização, de adequação das espécies e substituição gradativa levando-se em
consideração critérios de porte e necessidades de seu uso no contexto urbano.

Palavras-chave


vegetação, análise plástica, índice de riqueza

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v6i1.66388

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.