INVENTÁRIO DA ARBORIZAÇÃO NA REGIÃO CENTRAL DO MUNICÍPIO DE MANGUEIRINHA – PR

Leonardo Serpa Schallenberger, Gilmara de Oliveira Machado

Resumo


Este trabalho teve como objetivo principal estudar a arborização da região central do Município de Mangueirinha – PR. Foi realizado o levantamento das espécies componentes de 19 vias públicas, análise de danos causados pelas árvores à estrutura pública bem como os danos causados nas próprias árvores por ação antrópica. A necessidade de práticas de manejo como podas de limpeza e correção, controle de pragas, controle de doenças, controle de parasitas, remoção de árvores e replantio também foram avaliadas. Foi observado que a arborização é composta por 28 espécies, porém, 74,4% da população é representada apenas por três espécies. Em relação aos danos públicos causados pelas árvores, 36,5% dos indivíduos se encontram promovendo danos às calçadas e pavimentos, e 16,25% à rede de distribuição de energia e fiação de telefonia. Quanto aos danos causados nas árvores por ação antrópica, em 58% dos casos são decorrentes de podas drásticas e em 2,2% devido ao vandalismo. Práticas adequadas de manejo e podas são necessárias em 48,19% da população, onde 26 árvores mortas devem ser removidas. Todas as ruas apresentam árvores com necessidade de replantio, porém, não há casos que exijam tratamento fitossanitário. Recomenda-se ao município a elaboração de um Plano Diretor de Arborização Urbana (PDAU) visando o planejamento e melhoria da arborização da cidade.

Palavras-chave


Floresta urbana; Planejamento urbano; Vias públicas; Qualidade ambiental.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v8i1.66350

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.