ANÁLISE DE ÁRVORES URBANAS PARA FINS DE SUPRESSÃO

Wantuelfer Gonçalves, Ângela Cristina Oliveira Stringheta, Lívia Lopes Coelho

Resumo


A avaliação de árvores urbanas com finalidade de supressão tem sido motivo de preocupação constante para os técnicos por envolver razões pessoais, o que muitas vezes, torna o processo subjetivo. Diante dessa preocupação, viu-se a necessidade da criação de um método que permita chegar a uma decisão menos subjetiva. O método consiste na criterização para análise de parâmetros que podem determinar a supressão do indivíduo arbóreo. As dimensões variáveis são analisadas para cada indivíduo com respostas do tipo falso ou verdade. As assertivas são formuladas de tal maneira que falso conduz à supressão e verdade conduz à permanência. Respondidas as assertivas, estabelece-se a relação falso/verdade e consulta-se a escala elaborada que determinará se a árvore deve ser cortada ou não. As avaliações do método mostraram que, embora algumas características de ordem emocional tenham influência sobre a permanência da árvore, as características que colocam em risco a vida de pessoas têm peso decisivo sobre o corte da árvore.

Palavras-chave


Análise de risco de árvores, arborização urbana, paisagismo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v2i4.66334

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.