ESPAÇO METROPOLITANO NA CIDADE DE SÃO PAULO E SUA INTERFACE COM A ARBORIZAÇÃO: ASPECTOS DA TRANFORMAÇÃO SOCIOECONÔMICA, DO SÍTIO FÍSICO E DA PROTEÇÃO DE VEGETAIS DE PORTE ARBÓREO

Adriana Inês Napias Rossetti, Paulo Renato Mesquita Pellegrino, Armando Reis Tavares

Resumo


O presente artigo de revisão bibliográfica foi parte integrante da dissertação da primeira autora defendida junto à faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo. Em primeiro lugar revisões sobre aspectos que condicionaram a formação da sociedade urbano-industrial na capital paulistana e aspectos dessa ocupação espacial. Posteriormente a revisão sobre o sítio físico, com descrições de hidrologia, clima e cobertura vegetal original, dentre as poucas referências que se encontram para subsidiar este último item. Num terceiro ponto apresenta-se a legislação, nas três esferas governamentais, que surtem efeito normativo sobre as árvores existentes neste território.

Palavras-chave


legislação municipal, cobertura vegetal, hidrologia, clima

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v4i1.66266

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.