AVALIAÇÃO DA ORGANIZAÇÃO ÁRBOREA E A PERCEPÇÃO DOS USUÁRIOS DAS PRAÇAS DO MUNICÍPIO DE MOCAJUBA, ESTADO DO PARÁ, BRASIL

Vanessa dos Santos Barros, Cyntia Meireles Martins, Marcos Antônio Souza dos Santos, Fabrício Khoury Rebello, Charles Wendell Borges Monteiro, Igor Sandro Borges Mesquita

Resumo


O uso de espécies exóticas arbóreas em detrimento das regionais nas vias urbanas dos municípios amazônicos ocorre pela falta de organização técnica e de planejamento, principalmente, devido à falta de conhecimento da legislação ambiental. O estudo analisa a arborização de cinco praças do município de Mocajuba, localizado no Nordeste Paraense, bem como a percepção dos seus usuários quanto aos seus serviços ambientais prestados e sua contribuição para a melhoria de bem-estar dos cidadãos. Para tanto, procedeu-se ao inventário florístico dos indivíduos arbóreos acerca do nome vulgar e nome científico, Circunferência à Altura do Peito (CAP) e, a altura estimada, além da aplicação de 100 questionários semiestruturados in loco em diferentes períodos, destinados aos frequentadores destes logradouros públicos, a fim de identificar sua percepção ambiental. Conforme identificado, atualmente são 37 árvores, de 10 famílias botânicas e 10 espécies arbóreas nesses logradouros públicos. A dominância de espécies exóticas ficou evidente, pois, apenas três espécies podem ser consideradas nativas, sendo as demais exóticas. Sobre a percepção dos usuários constatou-se que 83,3% possuem conhecimento sobre a importância da arborização nas praças estudadas, e na opinião de 73% dos pesquisados, as praças necessitam com urgência de melhor arborização, portanto, de ações públicas e de técnicas de planejamento e manutenção desses espaços.


Palavras-chave


Arborização; Meio ambiente; Municípios paraenses; Paisagismo; Planejamento urbano.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v13i3.63664

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.