PERFIL DOS USUÁRIOS E SUA PERCEPÇÃO DOS ELEMENTOS DE COMPOSIÇÃO PAISAGÍSTICA DAS PRAÇAS DE CURITIBA-PR

Jennifer Viezzer, Daniela Biondi, Antonio Carlos Batista, Desiree Brandt

Resumo


O objetivo deste estudo foi conhecer o perfil dos usuários das praças de Curitiba-PR e investigar sua percepção dos elementos de composição paisagística, relacionando-a com as linhas projetuais paisagísticas brasileiras. Para isso, foram aplicados 320 questionários em 32 praças (10 questionários/praça). A maioria dos usuários das praças é habitante de Curitiba (75,3%), tem entre 11 e 20 anos (24,7%), possui ensino superior completo (28,4%), e usa as praças para descanso e lazer (57,8%) todos os dias (56,9%). A minoria conhecia o nome da praça onde estava (33,1%), porém a maior parte sabia a época em que a praça foi criada (56,0%). As árvores foram o elemento mais citado, independente da linha paisagística, e a atenuação da poluição e o conforto térmico foram os benefícios mais reconhecidos pelos entrevistados. Conhecer o perfil e a percepção dos usuários permite compreender a importância das praças para a população urbana.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v11i3.63425

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.