Open Journal Systems

Os desfios da indústria calçadista brasileira: competir ou proteger?

Viviane Souza, Nilson Maciel de Paula, Marcos Paulo Fuck

Resumo


A indústria calçadista brasileira vem passando nos últimos anos por um processo de reestruturação. A abertura econômica, ocorrida a partir dos anos noventa, ampliou a competição no mercado interno e externo, o que impôs a necessidade de um novo conjunto de estratégias frente a produtores de outros países, notadamente da China. O objetivo deste artigo é justamente apontar as principais características e as mudanças recentes ocorridas nessa indústria, tendo em vista os desafios por ela enfrentados após 1990. A discussão tem por base trabalhos acadêmicos e relatórios setoriais que tratam dos principais desafios e oportunidades da indústria calçadista nacional. Para tanto, destaca-se que as grandes empresas buscam superar a condição competitiva baseada apenas em vantagens comparativas e passam a adotar novas estratégias competitivas. Conclui-se que, neste novo momento competitivo, estratégias baseadas somente na redução dos custos e na ampliação das escalas de produção não se mostram sustentáveis.


Palavras-chave


Indústria calçadista; Estratégias competitivas; Aglomerações industriais.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ret.v8i4.31031