Open Journal Systems

Brasil, a mudança do clima e o período pós-Quioto

Eliezer Martins Diniz

Resumo


O artigo discute a negociação de um acordo no período pós-Quioto e o posicionamento do Brasil face a esse tema. Para isso, aborda brevemente a questão da mudança do clima a fim de situar o Brasil nesse problema. Revela que o país é o terceiro maior emissor de gases de efeito estufa e procura apontar, com base em dados recentes, a causa principal, a saber, mudança no uso da terra e das florestas e a decomposição da biomassa como resultado do desflorestamento. Especula as motivações que levaram o governo brasileiro a adotar metas voluntárias de emissões de gases de efeito estufa. Argumenta-se que essa decisão também é de fundo estratégico, uma vez que a falta de ações concretas poderia levar a metas mais rígidas impostas pelas negociações do período pós-Quioto ou pela adoção de sanções de outros tipos.

Palavras-chave


Crescimento econômico; Mudança do clima.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ret.v7i1.26854