É POSSÍVEL PENSAR EM AUTOR E AUTORIA NOS ESCRITOS CRISTÃOS TARDO ANTIGO?

Raquel de Fátima Parmegiani

Resumo


Este trabalho parte das questões levantadas pela história cultural, para fazer uma reflexão sobre a prática de escrita e usos sociais dos textos cristãos nos séculos IV e V, tendo como ênfase a ideia de autoria. Se não podemos falar ainda em autor no sentido moderno da palavra, nos cabe aqui, investigar as formas de atribuição de autoridade que esta sociedade deu aos discursos. Para tanto, usaremos das reflexões de Santo Agostinho e São Jerônimo sobre a escrita. Destacasse em suas obras o fato de que eles não se veem num papel passivo perante essa atividade. Para eles é possível distinguir nos textos uma causa eficiente primeira que é Deus e, uma causa eficiente segunda ou auxiliar que é o autor humano.

 


Palavras-chave


História da escrita, autoria, cristianismo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rt.v9i1.73766