UM ESTUDO SOBRE ATEÍSMO NO ANARQUISMO: ANÁLISE DA PEÇA TEATRAL “O SEMEADOR”, DE AVELINO FÓSCOLO

Ricardo Cortez Lopes, Lis Yana de Lima Martinez

Resumo


esta pesquisa problematiza um ateísmo anarquista por meio da literatura, mais precisamente a peça O semeador, de Avelino Fóscolo. Essa reflexão pontual está inserida dentro dos estudos mais amplos sobre o movimento social ateu, sendo esta manifestação considerada como da vertente revolucionária. A obra foi analisada com base em quatro temas: Deus (como a divindade católica é retratada?), Vigário (como ele é apresentado na peça?), Religião (como princípios religiosos são retratados?) e Fiel (Como é retratado um religioso?). Os resultados apontaram para um enredo pautado no ateísmo de aposta: deus aparece como um engano que serve exclusivamente para manter a desigualdade, e isso fica demonstrado a posteriori se a revolução ocorre.

Palavras-chave


ateísmo anarquista; Avelino Fóscolo; O semeador; teatro.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rt.v9i2.72993