INDÚSTRIA CULTURAL E MÚSICA GOSPEL: REFLEXÕES SOBRE A PRÁTICA RELIGIOSA DO SÉCULO XXI

Eliton Perpetuo Rosa Pereira, Márcia Rodrigues Trigueiro

Resumo


Utilizada nas práticas litúrgicas, a música gospel, que no início teria sua função específica intrínseca à religião, apresenta-se também como um seguimento de mercado. Com base no pensamento adorniano, buscamos investigar a presença da indústria cultural no contexto da música religiosa, expondo seus aspectos imanentes e as contradições sociais resultantes. O presente estudo é uma pesquisa qualitativa, com escopo exploratório e descritivo. Através de uma análise de conteúdos de reportagens, entrevistas e um grupo focal com músicos do contexto religioso, a pesquisa buscou compreender as contradições da cena gospel. A pesquisa aponta para a função da formação musical crítica.

Palavras-chave


Música. Cultura. Religião. Formação crítica.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rt.v8i2.68913