“AS ESCOLAS PÚBLICAS NO BRASIL ESTÃO PREPARADAS PARA A DIVERSIDADE RELIGIOSA?”

Franciele Rodrigues, Fábio Lanza, Ileizi Luciana Fiorelli Silva, Luis Gustavo Patrocino

Resumo


Neste trabalho procuraremos refletir sobre como a diversidade religiosa tem sido tratada no âmbito das escolas públicas. Assim, nos atentaremos, especialmente, as maneiras como as religiões de matriz africana, enquanto elemento cultural de tais povos, estão sendo abordadas no cotidiano escolar. As tradições religiosas afro-brasileiras são contempladas por atividades pedagógicas, haja vista a obrigatoriedade do ensino da História e da Cultura afro-brasileira na educação básica? Intentando responder essa inquietação, partiremos dos olhares de 711 estudantes do ensino médio pertencentes a oito escolas estaduais do Núcleo Regional de Educação de Londrina-PR. Tais amostras foram estudadas por meio da análise estatística e à luz das contribuições da Sociologia das Religiões. Verificamos que, segundo grande parte dos discentes, embora ocorreram iniciativas que valorizem a História e a Cultura Afro-Brasileira em suas escolas, ações formativas acerca das religiões de matriz africana raramente são realizadas, havendo, portanto, grande resistência no trato dessa temática em suas unidades escolares.


Palavras-chave


Diversidade; Religiões; Escola; Londrina-PR

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rt.v8i1.67897