DURKHEIM E WEBER: UMA PERSPECTIVA INTRODUTÓRIA ACERCA DA RELIGIÃO

Kaique Cardoso, Donizete Rodrigues

Resumo


A religião é um processo dinâmico, sofrendo mudanças constantes, para atender as novas exigências individuais e coletivas, no contexto das sociedades modernas, marcadas pela forte competitividade de um mundo globalizado de bens simbólicos-religiosos e práticas do sagrado (Bourdieu). Buscaremos neste texto discutir algumas concepções primordiais de Max Weber e Émile Durkheim a respeito da religião, enquanto subsistema de práticas econômicas, culturais ou causais que influenciam de algum modo o tecido social. Estes autores clássicos são ainda imprescindíveis no estudo de problemáticas religiosas atuais, evidenciando, desta forma, o caráter atemporal das suas obras. Ao expor, mesmo que brevemente, estas duas vertentes de compreensão do fenómeno religioso, pretendemos dar uma contribuição para a discussão sociológica do papel das religiões no atual contexto contemporâneo.


Palavras-chave


Weber; Durkheim; teorias sociológicas; religião.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rt.v8i1.67868