O DESAFIO DE QUALIFICAR PROFESSORES PARA A DIVERSIDADE: A REALIDADE DO ESTADO DO AMAPÁ

Efigênia das Neves B. Rodrigues, Elivaldo Serrão Custódio, Eugénia da Luz Silva Foster

Resumo


O presente trabalho é o resultado de um estudo sobre formação de professores da rede pública de ensino do estado do Amapá. O documento propõe uma reflexão acerca da necessidade de se repensar a prática educativa, considerando a Lei Federal n° 10.639/2003 e Lei Estadual nº 1.196/2008 no âmbito escolar. Trata-se do resultado de um estudo exploratório de natureza qualitativa que adotou a pesquisa bibliográfica, a análise documental e a entrevista como forma de investigação. O texto é resultado de pesquisas do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Educação, Relações Étnico-Raciais e Interculturais, cadastrado no CNPq que tendo como objetivo identificar e analisar as concepções sobre as questões raciais no Brasil, em especial no Amapá, que sustentam as práticas pedagógicas e os discursos de professores, no desdobramento do currículo escolar, bem como avaliar suas possibilidades de enfrentamento ao racismo.  


Palavras-chave


Ensino, diversidade, formação de professores, Amapá.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rt.v7i2.62800