RELIGIÃO E “IDEOLOGIA DE GÊNERO” NO PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO (PNE)

Amanda Ribeiro, Cristina Satiê de Oliveira Pátaro, Frank Antonio Mezzomo

Resumo


O artigo evidencia a influência de entidades e líderes religiosos na elaboração do Plano Municipal de Educação de Campo Mourão, município localizado no centro oeste do estado do Paraná. Busca-se evidenciar as disputas e formas de mobilização da população contra a "ameaça" exercida pelo que determinadas instituições religiosas passaram a denominar “Ideologia de gênero”. A análise coloca em questão a presença da religião no espaço público, problematizando os movimentos e disputas políticas que têm sido protagonizados por agentes religiosos, inclusive na esfera da política institucional, em relação aos direitos reprodutivos e sexuais, assim como nas questões de gênero, trazendo repercussões também para o campo da educação.

Palavras-chave


Religião; política; gênero; educação.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDERY, Maria Amalia et al. Para compreender a ciência: uma perspectiva histórica. Rio de Janeiro: Garamond, 2007.

BRASIL. Ministério da Educação / Secretaria de Articulação com os Sistemas de Ensino (MEC/ SASE). Planejando a Próxima Década Conhecendo as 20 Metas do Plano Nacional de Educação. 2014. Disponível em:. Acesso em: 22 set. 2016.

CAMPO MOURÃO. Lei n. 3.604, de 23 de junho de 2015. Plano de Educação do Município de Campo Mourão. Órgão oficial do Munícipio. Campo Mourão. 23 de junho de 2015.

CAMPOS, Roberta Bivar Carneiro et al. A disputa pela laicidade: uma análise das interações discursivas entre Jean Wyllys e Silas Malafaia. Religião e Sociedade, Rio de Janeiro, v. 35, n. 2, p. 165-188, 2015.

CONFERÊNCIA NACIONAL DOS BISPOS DO BRASIL. Mobilização das lideranças da Igreja no Paraná contra a adoção da Ideologia de gênero. 2015. Disponível em:. Acesso em: 22 set. 2016.

GIUMBELLI, Emerson. A presença do religioso no espaço público: modalidades no Brasil. Religião e Sociedade, Rio de Janeiro, v. 28, n. 02, p. 80-101, 2008.

LOURO, Guacira Lopes. Gênero, sexualidade e educação: uma perspectiva pósestruturalista. Petrópolis: Vozes, 2012.

MACHADO, Maria das Dores Campos. Política e religião: a participação dos evangélicos nas eleições. Rio de Janeiro: FGV, 2006.

MAIA, Eduardo Lopes Cabral. Os evangélicos e a política. Revista Em Tese, Florianópolis, v. 2, n. 2, p. 91-112, ago./dez. 2006.

MEZZOMO, Frank Antonio; PÁTARO, Cristina Satiê de Oliveira;

ONOFRE, Lucas. Evangélicos na política: as eleições proporcionais de Campo Mourão em 2012. Rever, São Paulo, v. 14, p. 244-264, 2015.

MIRANDA, Júlia. O candidato da igreja: do que nos fala a sua presença na política brasileira. In: LEMENHE, Maria Auxiliadora;

CARVALHO, Rejane Vasconcelos Accioly (Orgs.). Política, cultura e processos eleitorais. Fortaleza: Fundação Konrad Adenauer, 2006.

MONTEIRO, Paula. Secularização e espaço público: a reinvenção do pluralismo religioso no Brasil. Etnográfica, v. 13, n.01, p. 07-16, maio 2009.

MORENO, Montserrat. Como se ensina a ser menina. São Paulo: Moderna, 1999. ORO, Ari Pedro. Religião e eleições 2012 em Porto Alegre. Debates do NER, Porto Alegre, ano 14, n. 23, p. 109-144, 2013.

PAREDES, Dom Francisco Javier Delvalle. Nota pastoral sobre o Plano Municipal de Educação (2015-2024) e a ideologia de gênero. Campo Mourão, 08 de junho de 2015. Disponível em: . Acesso em: 22 set. 2016.

PIERUCCI, Antonio Flávio. A propósito do auto-engano em sociologia da religião. Novos Estudos CEBRAP, São Paulo, n. 49, p. 99-117, nov. 1997.

ROSADO-NUNES, Maria José Fontelas. A “ideologia de gênero” na discussão do PNE: a intervenção da hierarquia católica. Horizonte, Belo Horizonte, v. 13, n. 39, p. 1237-1260, jul./set. 2015.

SOUZA, Sandra Duarte de. “Não à ideologia de gênero!” A produção religiosa da violência de gênero na política brasileira. Estudos de Religião, v. 28, n. 02, p. 188-204, jul./dez. 2014.

SOUZA, Sandra Duarte de. Mulheres evangélicas na política: tensionamentos entre o público e o privado. Horizonte, Belo Horizonte, v. 13, n. 39, p. 1261-1295, jul./set. 2015.

VITAL, Christina; LOPES, Paulo Victor Leite. Religião e política: uma análise da atuação de parlamentares evangélicos sobre direitos das mulheres e de LGBTs no Brasil. Rio de Janeiro: Fundação Heinrich Böll, 2013.




DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rt.v5i2.49693