TRANSITANDO NO LIMIAR: PROCESSOS IDENTITÁRIOS E PERIGOS DE POLUIÇÃO NO CANDOMBLÉ

Francesca Bassi

Resumo


Durante o tempo da iniciação, o filho-de-santo deve se proteger contra perigos de poluição por meio de uma serie de interditos. Esta proteção vai para além da ideia clássica de pureza para alcançar uma forma de controle das interações, permitindo a fixação de uma nova singularidade religiosa. Contaminações e sensibilizações indicam, ainda, uma ontologia especifica, atrelada aos aspectos relacionais da pessoa.


Palavras-chave


Poluição, Identidade, Interdição, Relações.

Texto completo:

PDF

Referências


AQUINO, P. Paroles d’objets ou le carrefour des coquillages divinatoires du Candomblé . In: Le rite à l’oeuvre. Perspectives afro-cubaines et afro-brésiliennes - Systèmes de pensée en Afrique noire, 2006, n. 16, pp. 11-47.

RELEGENS THRÉSKEIA estudos e pesquisa em religião V. 05 – n. 01 – 2016

AUGRAS, M. Quizilas e preceitos. Transgressão, reparação e organização dinâmica do mundo. In : MARCONDES DE MOURA C. E. (org.). Candomblé. Desvendando identidades. Novos escritos sobre a religião dos orixás. São Paulo : EMW Editores, 1987, pp. 7-60.

BALANDIER, G. Le désordre. Fayard: Paris, 1988.

BASSI, F. Revisitando os tabus: as cautelas rituais do povo de santo. Religião e Sociedade, 2012, v.32, n.2, p. 170-193.

BENISTE, J. Jogo de Búzios. Um Encontro com o Desconhecido. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1999.

BENISTE, J. As Aguas de Oxalá. Rio de Janeiro : Bertrand Brasil, 2002.

BRAGA, J. O Jogo de buzios. Um estudo da divinhação no Candomblé. São Paulo: Editora Brasiliense, 1988.

HOLANDA, A. B. Aurélio – Dicionário da língua portuguesa. Rio de Janeiro ;Ed. Nova Fronteira.

COSSARD-BINON, G. Contribution à l’étude des Candomblés au Brésil. Le Candomblé Angola. Paris: Thèse de doctorat de 3° cycle de la faculté de Lettres et Sciences Humaines, Université de Paris, 1970.

COSSARD BINON, G. Awô. O Mistério dos Orixás. São Paulo : Ed. Pallas, 2007.

DE HEUCH, L. Préface. In: DOUGLAS M., De la souillure, essais sur les notions de pollution et de tabou. Maspero:Paris, 1971, p. 7-20.

DESCOLA, Ph. Par - delà nature et culture. Gallimard: Paris, 2006.

DOUGLAS, M. Pureza e Perigo. São Paulo: Editora Perspectiva, 1976.

GOLDMAN, M. A construção ritual da pessoa : a possessão no Candomblé . In: MARCONDES DE MOURA, C. E. (org.). Candomblé Desvendando identidades. São Paulo: EMW Editores, 1987.

______________ Histórias, devires e fetiches das religiões afro-brasileiras: ensaio de simetrização antropológica. Análise Social, vol. XLIV (190), 2009, 105-137.

HOUSEMAN, M. Relationality. In : J. Kreinath, J. Snoek, M. Stausberg (eds.). Theorizing Rituals. Classical Topics, Theoretical Approaches, Analytical Concepts, Annotated Bibliography. Leiden : Brill, 2006.

LODY, R. Tem dendê, tem axé. Etnografia do dendezeiro. Pallas, Rio de Janeiro, 1992.

NERI, C. The Group of Gods. From Anthropology to Group Psychotherapy. Revue Funzione Gamma, Internet Journal.

PEREIRA DE QUEIROZ, M. Principes de participation et Principe de coupure. Archives de Sciences Sociales des Religions, n. 47-1, p. 147-157, 1976.

PRANDI, R. Mitologia dos Orixás. Companhia das Letras, São Paulo, 2001.

SABBATUCCI, D. Il mito, il rito e la storia. Roma :Bulzoni, 1978.

________________Divinazione e cosmologia. Roma : Il Saggiatore, 1989.

SANTOS, Elbein dos J. Os Nagô e a morte. Editora Vozes:Rio de Janeiro, 1975.

SEVERI, C. “Memory, reflexivity and belief. Reflections on the ritual use of language”. Social Anthropology, 10 (1) : 23-40, 2002.

SMITH, P. Interdit. In: BONTE P. & M. IZARD (dir.). Dictionnaire de l’Ethnologie et de l’Anthropologie. Paris: Presses Universitaires de France, 1991, p.630-633.

STEINER, F. Taboo. London: Cohen & West, 1958.

TEIXEIRA, M. A encruzilhada do ser : representações da [lou]cura em terreiros de Candomblé. Tese de doutoramento, 1994, São Paulo.

TURNER, V. O processo ritual. Editora Vozes :Rio de Janeiro, 2013.

VAN GENNEP, A. Les rites de passage. Nourry:Paris, 1909.

Sites

https://www.academia.edu/7002940/La_cognition_animiste_une_approche_transdisciplinaire_-_Séminaire_EHESS_2014-2015 : 31/10/2014.

https://candombledabahia.wordpress.com/2013/07/14/kele-e-resguardo/, 06/03/2016.




DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rt.v5i1.46319