RELIGIOSIDADE E PROTAGONISMO DAS JUVENTUDES UNIVERSITÁRIAS

Clélia Peretti, Alisson de Souza, Bruna Carolina dos Passos

Resumo


O artigo apresenta resultados de pesquisas realizadas com as juventudes sobre o perfil da religiosidade, o exercício da cidadania e dos direitos humanos entre os jovens. Objetivou-se conhecer o perfil da religiosidade e seus aspectos relevantes, mapear valores, dinâmicas e vivências religiosas e investigar o protagonismo entre os jovens universitários entre 18 e 29 anos. Os resultados mostram que as juventudes são objeto de estudos importante para o Brasil tanto pela crescente preocupação na construção de sua identidade quanto pela formação do futuro profissional. O perfil religioso vem se modificando com o aumento da mobilidade, com o crescente sincretismo e bricolagem religiosa. A intolerância e manipulação religiosa são o ponto de maior crítica e o principal problema entre os pesquisados. O protagonismo se revela através dos manifestos e do engajamento em projetos sociais que visem garantir os direitos fundamentais e a dignidade humana e deveres inerentes aos indivíduos.

Palavras-chave


Juventudes universitárias. Religiosidade; Cidadania; Direitos Humanos; Protagonismo

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rt.v4i2.44350