DISCÓRDIAS RELIGIOSAS NA IMPRENSA CURITIBANA (1930)

Edilson Soares de Souza

Resumo


No início de 1930 o jornal A República publicou uma série de Cartas Abertas, assinadas por Antenor Manso Cordeiro, e endereçada ao reverendo Agenor Mafra, pastor da denominação presbiteriana no Brasil. Tratava-se de outro momento nos confrontos entre Católicos e Protestantes, no contexto de um Estado não confessional. As sete cartas publicadas no jornal ajudam a compreender os embates religiosos entre os intelectuais cristãos, como também as estratégias utilizadas para defender o pensamento religioso de confissão cristã nas primeiras décadas do século XX, a partir da impressa em Curitiba, no Estado do Paraná.

Palavras-chave


Confrontos religiosos; Catolicismo romano; Protestantismo

Texto completo:

PDF

Referências


A República. Edição de 17 de janeiro de 1930, p. 12.

A República. Edição de 18 de janeiro de 1930, p. 02.

A República. Edição de 21 de janeiro de 1930, p. 10.

A República. Edição de 24 de janeiro de 1930, p. 12.

A República. Edição de 25 de janeiro de 1930, p. 12.

KÜNG, Hans. Para que um ethos mundial? Religião e ética em tempos de globalização. São Paulo: Edições Loyola, 2005.

MAFRA, Agenor. O papismo perante a Biblia, a historia e os factos: ligeiras respostas ao bispo de Jacarézinho, sr. Dom Fernando Tadei. Paraná: Editado pela Igreja Presbyteriana de Sengés, 1930.

TADDEI, Fernando. Carta Pastoral A Propaganda protestante e os deveres dos catholicos. Curityba: Officinas Graphicas “A Cruzada”, [192-].




DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rt.v1i2.31081