Open Journal Systems

Desempenho do catalisador KF-SiO2 na síntese de biodiesel

Carolline Rodrigues Ranucci, Helton José Alves, Cristie luis Kugelmeier, Kenia Gabriela dos Santos

Resumo


A procura por fontes renováveis de energia vem aumentando a cada ano, e neste cenário o biodiesel vem recebendo crescente atenção. O biodiesel pode ser produzido pela reação de transesterificação ou alcoólise, sendo que neste processo óleos vegetais e/ou gorduras reagem com um álcool de cadeia curta, geralmente metanol ou etanol. As reações ocorrem na presença de um catalisador, seja este ácido, básico ou enzimático, podendo ser homogêneo ou heterogêneo. Tradicionalmente é obtido pela transesterificação na presença de um catalisador homogêneo alcalino, frequentemente NaOH ou KOH, sendo estes não recuperáveis e passíveis de formação de subprodutos indesejáveis (sabão), contribuindo para a elevação de custos e geração de resíduos. O propósito deste trabalho foi produzir ésteres metílicos a partir do óleo de soja por uma rota alternativa, utilizando um catalisador heterogêneo, devido às vantagens conferidas ao processo produtivo, como facilidade na separação do biodiesel do meio reacional, ausência de reações paralelas e possibilidade de reuso do catalisador em novas reações. Dentre os inúmeros catalisadores heterogêneos, foi sintetizada a peneira molecular mesoporosa MCM-41 a base de sílica de acordo com o método descrito por Grün. Após a síntese das peneiras foi realizado o tratamento com um sal inorgânico, o fluoreto de potássio (KF), a fim de se obter catalisadores mais estáveis. Os materiais sólidos preparados foram caracterizados por diferentes técnicas, como a Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV), Difratometria de Raios-X (DRX) e Análise Termogravimétrica (ATG). Já os ésteres metílicos foram analisados por Ressonância Magnética Nuclear de Hidrogênio (RMN 1H). Os resultados indicaram que o material foi sintetizado corretamente e a taxa de conversão em ésteres metílicos foi elevada (94,8%), além disso, apresentaram maior estabilidade, tornando-se promissores catalisadores heterogêneos para a utilização em reações de transesterificação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rber.v2i2.33804

Apontamentos

  • Não há apontamentos.