ANÁLISE ESPAÇO-TEMPORAL DOS FOCOS DE QUEIMADAS E INCÊNDIOS EM MATO GROSSO, BRASIL, NO ANO DE 2016

Renata Spolti Leão, Gustavo da Silva Ferreira, Julia Celia Mercedes Strauch

Resumo


O Programa Queimadas e Incêndios Florestais (INPE) dissemina os dados de focos de queimadas e de incêndios florestais detectados por satélites que operam na faixa das bandas termais e do infravermelho. Este trabalho tem por objetivo analisar a distribuição espaço-temporal das ocorrências de focos de queimadas no estado, nos meses do ano de 2016, observando os municípios e as seguintes tipologias: biomas, terras indígenas, unidades de conservação e uso e ocupação do solo. Para isso são efetuadas análises descritivas, espaciais e exploratórias espaciais observando os efeitos de primeira e de segunda ordem, sendo explorada a variação da intensidade de ocorrência dos eventos na região de estudo o suavizado Kernel. Como resultado é observado que o bioma mais afetado é o Amazônico, que nos meses de agosto, setembro e outubro, período de seca, ocorrem mais eventos, e que em todos os meses do ano meses houve evidencia de um padrão de agregação de focos de queimadas e incêndios. Ressalta-se ainda que as terras indígenas tiveram 21,2% dos eventos, as unidades de conservação 2,67% e que na área de floresta ocorreram 39,9%. Este tipo de análise contribui para a tomada de decisão em ações de planejamento na alocação de recursos e de políticas públicas para a educação em relação ao manejo do fogo no estado. 


Palavras-chave


eventos pontuais, Kernel, Função k

Referências


ABREU, F. de A.; SOUZA, J. do S. A.. Dinâmica espaço-temporal de focos de queimadas em duas terras indígenas do estado de Mato Grosso: uma abordagem geoespacial sobre a dinâmica do uso do fogo por Xavantes e Bororos. 2016. Floresta e Ambiente; 23(1): 1-10, 2016.

ARAGÃO, L. E O. C.; SHIMABUKURO Y. E.; LIMA, A.; ANDERSON, L. O.; BARBIER, N.; SAATCHI, S. Utilização de produtos derivados de sensores orbitais para o estudo de queimadas na Amazônia. In: Anais XIV SIMPÓSIO BRASILEIRO DE SENSORIAMENTO REMOTO; 2009; Natal, Brasil. São José dos Campos: INPE; 2009. p. 919-925.

DIAZ, M. del C. V.; NEPSTAD, D.; MENDONÇA, M. J. C.; MOTTA, R. S. da, ALENCAR, A.; GOMES, J. C.; ORTIZ, R. A. O Prejuízo Oculto do Fogo: Custos Econômicos das Queimadas e Incêndios Florestais na Amazônia. Relatório do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM) em colaboração com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e o Centro de Pesquisa Woods Hole (WHRC). Versão setembro de 2002.

DRUCK, S.; SÁ CARVALHO, M.; CÂMARA, G.; MONTEIRO, A. M. V. Análise espacial de dados geográficos. Planaltina, DF. Embrapa Cerrados, 2004.

FEARNSIDE, P. M.. Fogo e emissão de gases de efeito estufa dos ecossistemas florestais da Amazônia Brasileira. Estudos Avançados. São Paulo, v.16, n. 14, p. 99-123, 2002.

GOLDEN GATE WEATHER SERVICES. El Niño and La Niña Years and Intensities Based on Oceanic Niño Index (ONI). 2016. Disponível em: http://ggweather.com/enso/oni.htm. Acesso em 20 dez 2016.

GONÇALVES, K. dos S.; CASTRO, H. A. de; HACON, S. de S.. As queimadas na região amazônica e o adoecimento respiratório. Ciência & Saúde Coletiva, 17(6):1523-1532, 2012

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Disponível em: http:/www./ibge.gov.br. Acessado em: 07/2017.

INPE -Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Programa de monitoramento de Queimadas e Incêndios Florestais. Perguntas frequentes [online]. São José dos Campos: INPE; 2017. Disponível em: http://sigma.cptec.inpe.br/queimadas/perguntas.html

MARTAROLE, T. de L.; JORDÃO, A. A.; STRAVA, A. C. S.. Análise espaço-temporal dos focos de queimadas no Acre nos anos de 2013-2014. In: Anais XVII SIMPÓSIO BRASILEIRO DE SENSORIAMENTO REMOTO - SBSR, João Pessoa-PB, Brasil, 25 a 29 de abril de 2015, Inpe

MEDEIROS, M. B., FIEDLER, N. C.. Incêndios florestais no Parque Nacional da Serra da Canastra: Desafios para a conservação da biodiversidade. Ciência Florestal; 14(2): 157-168, 2004

MENDONÇA M. J. C., DIAZ, M. D. C. V.; NEPSTAD, D.; MOTTA, R. S. da; ALENCAR, A.; GOMES, J. C.; ORTIZ, R. A.. The economic cost of the use of fire in the Amazon. Ecological Economic, v. 49, p. 89–105, 2004.

MMA - Ministério do Meio Ambiente. Lista de municípios prioritários da Amazônia. Disponível em: http://www.mma.gov.br/ informma/item/8645-lista-de-munic%C3 %ADpios-priorit%C3%A1rios-da-ama z%C3%B4nia. Acessado em: 07/2017.

NEVES, L. F. de S.; MARIMON, B. S., ANDERSON, L. O.; NEVES, S. M. A. da S.. Dinâmica de fogo no Parque Estadual do Araguaia, Zona de Transição Amazônia-Cerrado. Revista Ra’eGa. Curitiba, v.44, p. 85 -103 , Mai/2018.

RAMOS, P. C.; MENDES A. Sistema Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais. Anais do I FORUM NACIONAL DE INCÊNDIOS FLORESTAIS: 29-38, Abril, 1995

REDIN, M.; SANTOS, G. de F. dos; MIGUEL, P.; Denega, G. L.; LUPATINI; M.i; DONEDA, A.; SOUZA, E. L. de. Impactos da queima sobre atributos químicos, físicos e biológicos do solo. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 21, n. 2, p. 381-392, abr.-jun 2011.

REIS, I. A.; ASSUNÇÃO, R. M.. Comparando três métodos de amostragem: métodos de distâncias, contagem de quadrats e conglomerado adaptativo. Scientia Forestalis n. 54, p. 119-130, dez. 1998

RIBEIRO, H. de F.; RIBEIRO, N. V.. Análise sobre o comportamento espacial e temporal dos focos de queimadas no Território Quilombola Kalunga (GO). Anais XVII SIMPÓSIO BRASILEIRO DE SENSORIAMENTO REMOTO - SBSR, João Pessoa-PB, Brasil, 25 a 29 de abril de 2015, INPE

RODRIGUES, P.C.O.; IGNOTTI, E.; ROSA, A. M.; HACON, S. de S.. Distribuição espacial das internações por asma em idosos na Amazônia Brasileira. Revista Brasileira de Epidemiologia; 13(3): 523-532, 2010

VELHO, O. G. Frentes de expansão e estrutura agrária: estudos do processo de penetração numa área da Transamazônica. Rio de Janeiro: Centro Edelstein de Pesquisas Sociais, 2009, 172p.




DOI: http://dx.doi.org/10.5380/raega.v47i1.65810

Direitos autorais 2020 Raega - O Espaço Geográfico em Análise

_____________________________________________

ISSN (IMPRESSO) 1516-4136 até 2008

ISSN (ELETRÔNICO) 2177-2738 a partir de 2009