Open Journal Systems

O desenvolvimento emocional infantil na formação médica: uma análise documental

Brenda Vitória de Oliveira, Conceição Aparecida Serralha

Resumo


As Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Medicina defendem que o médico deve promover a saúde integral. Na pediatria, a importância do cuidado integral é ainda maior, pois a criança é um ser em desenvolvimento físico, cognitivo e socioemocional e o desenvolvimento infantil envolve o corpo e o psiquismo indissociavelmente. O objetivo deste estudo foi investigar disciplinas que abordem conteúdos de desenvolvimento emocional infantil, saúde mental na infância e constituição psíquica do indivíduo na formação médica. Trata-se de uma pesquisa documental, na qual Projetos Pedagógicos das Escolas Médicas do estado de Minas Gerais foram analisados. Dentre um total de 39 escolas, apenas 18 atenderam aos critérios de inclusão. As categorias temáticas analisadas foram: Objetivo do curso e o perfil do egresso; A presença da interdisciplinaridade; Psicologia Médica; Psicologia infantil nas disciplinas de Pediatria; A saúde mental infantil. Constatou-se que não há padronização do ensino médico em relação ao oferecimento de conteúdos da psicologia e saúde mental infantil, desenvolvimento emocional e constituição psíquica do sujeito. Essa constatação traz a reflexão sobre os prejuízos na assistência integral à infância que poderiam ser evitados e a necessidade de iniciativas de um ensino interdisciplinar.

Palavras-chave


desenvolvimento emocional infantil; formação médica; pediatria; psicologia infantil.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/riep.v27i1.86080