Reflexões sobre a extensão universitária e a participação da psicologia num programa de prevenção ao abuso de álcool e outras drogas

Araci Asinelli da Luz, Emerson Luiz Peres

Resumo


A extensão universitária vem a cada dia ocupando seu espaço como atividade acadêmica capaz de produzir conhecimento a partir da interação entre o conhecimento científico e o conhecimento popular nas ações comunitárias. A postura interdisciplinar que dá suporte ao encaminhamento teórico metodológico do Programa de Extensão Universitária “Prevenção ao Abuso de Álcool e Uso de Outras Drogas” permite, neste artigo, refletir sobre a importância da participação do profissional da Psicologia como membro de uma equipe multiprofissional que pensa a prevenção primária como função educadora e de cidadania para a construção coletiva de um conceito e uma cultura de saúde mental. Reforça, com isso, a necessária ampliação da sala de aula para os espaços comunitários, na qual o acadêmico em formação pode experienciar saberes teóricos e metodológicos enriquecedores para sua adequada formação, pela reflexão compartilhada com outros acadêmicos e profissionais de distintas áreas do conhecimento.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/psi.v1i1.7641

Direitos autorais