Atuação dos psicólogos que trabalham em empresas que desenvolvem programas de qualidade

Adriana Pellanda Gagno, Eliana de Paula Congro Venturi

Resumo


As aceleradas transformações por que o mundo do trabalho vem passando, devido à globalização da economia, estão construindo um novo paradigma organizacional, marcado pela busca da Qualidade Total (QT) e da produtividade. O presente estudo exploratório procura conhecer a atuação dos psicólogos organizacionais que atuam num programa de QT. Os sujeitos são vinte psicólogos atuando há cerca de um ano ou mais em organizações multinacionais e/ou privadas de Curitiba. Entrevistas semiestruturadas com os sujeitos possibilitam a obtenção das informações que são gravadas, posteriormente categorizadas e analisadas quantitativa e qualitativamente. A análise de dados revela como principais os seguintes resultados: as dificuldades encontradas pelo psicólogo para ser um agente de transformação referem-se à área comportamental e não a processos; os psicólogos desenvolvem tanto atividades técnicas quanto de consultoria; participam do Programa de Qualidade por esta ser uma exigência da empresa; consideram essencial sua atuação no programa devido aos conhecimentos humanos e psicológicos que dizem possuir, porém apenas 20% deles têm pressupostos teóricos claros de Psicologia subsidiando sua prática. Conclui-se que estes psicólogos começam a modificar sua prática devido à pressão da nova realidade organizacional, contudo sua inconsistência teórica é um fator que dificulta a saída da atuação técnica tradicional para a ocupação do espaço que se abre a partir das atuais necessidades de mudança comportamental - objeto este de estudo e trabalho do profissional psicólogo.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/psi.v1i1.7635

Direitos autorais