Religião e espiritualidade no curso de psicologia: revisão sistemática de estudos empíricos

Karine Costa Lima Pereira, Adriano Furtado Holanda

Resumo


A revisão apresenta um panorama da literatura nacional que trata da vivência espiritual/religiosa de graduandos no contexto da formação científico-acadêmica do psicólogo. O objetivo foi delinear e analisar pesquisas empíricas sobre a relação entre estudantes, espiritualidade, religião e formação nos cursos de psicologia do país. Realizou-se uma busca nas bases de dados virtuais: Biblioteca Virtual em Saúde, Scientific Eletronic Library Online, Periódicos Eletrônicos em Psicologia, e no Banco de Teses e Dissertações da CAPES, sendo selecionados e analisados 11 estudos, no período de 2002 a 2017. Observou-se um número reduzido de publicações, especialmente no formato de artigo. A maioria das pesquisas é oriunda de instituições de ensino confessionais e de Programas de Pós-graduação em Psicologia. Verificou-se que estudantes de psicologia tendem a apresentar índices menores de bem-estar espiritual quando comparados a outros estudantes universitários. Formandos de diferentes regiões do país mencionam sentir dificuldade e insegurança quando o assunto se apresenta na clínica. Questionam sobre a postura ética adequada; sentem medo de influenciar o paciente, de revelar a religião pessoal e não saber lidar com suas próprias crenças. Admitem falta de conhecimento e manejo teórico-clínico; e a dificuldade ou impedimento de abordar tais questões com professores e supervisores de estágio.

Palavras-chave


estudantes de psicologia; formação do psicólogo; psicologia da religião; espiritualidade; religião

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/psi.v23i02.65373

Direitos autorais 2019 Karine Costa Lima Pereira, Adriano Furtado Holanda

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.