Avaliação Neuropsicológica na Doença Alzheimer e Demência Frontotemporal: critérios nosológicos

Amer Cavalheiro Hamdan, Ari Alex Ramos

Resumo


A Doença de Alzheimer (DA) e a Demência Frontotemporal (DFT) são manifestações frequentemente observadas na prática clínica em avaliação neuropsicológica no idoso. Contudo, a similaridade dessas manifestações impõe uma dificuldade para estabelecer quais são os critérios diagnósticos diferenciais. O objetivo deste artigo é descrever os principais critérios nosológicos para a DA e para a DFT. A neurofisiopatologia é um marcador evidente nessa distinção. Uma plena compreensão nosológica nos distintos quadros demências é importante para a avaliação neuropsicológica.

Palavras-chave


demência; avaliação neuropsicológica; doença de Alzheimer, demência frontotemporal; neuropsicologia; idoso

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/psi.v18i3.47039

Direitos autorais 2016 Interação em Psicologia