Ansiedade materna e maternidade: Revisão crítica da literatura.

Tagma Marina Schneider Donelli, Mariana Reichelt Chemello, Daniela Centenaro Levandowski

Resumo


Este artigo apresenta uma revisão sistemática da literatura sobre ansiedade materna e maternidade,
publicada entre janeiro/2009 e dezembro/2014. Foram examinados 43 artigos cujo foco
de investigação era a ansiedade da mãe, a partir de consulta às bases de dados American
Search Premier Complete, LILACS, MEDLINE, PsycINFO, SciELO e Web of Science. O material
foi analisado a partir das categorias ano da publicação, idioma, área da publicação, delineamento,
participantes, instrumentos, objetivos e principais resultados e conclusões. Verificouse
a necessidade de desenvolvimento de instrumentos de medida específicos para a ansiedade
materna, adaptados à realidade brasileira, e a importância da sua identificação no período
pré-natal, como medida preventiva e protetiva para a saúde mental das mães, o desenvolvimento
dos bebês e a qualidade da relação da díade. Os resultados também sugerem a necessidade
de novos estudos que possam avaliar diferentes intervenções e tratamentos para o
manejo dessa condição.


Palavras-chave


Ansiedade, ansiedade materna, maternidade, relação mãe-bebê, revisão sistemática

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/psi.v21i1.46153

Direitos autorais 2017 Interação em Psicologia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.