Medo e memória: emoção e sociabilidade do final do século XX (1950-2000)

Marilza Mestre

Resumo


O medo é uma emoção que acompanha o ser humano desde sempre e que vem se manifestando de forma diferente para homens e mulheres e de cultura para cultura ao longo do processo histórico. No presente artigo, analisa-se o depoimento de uma mulher de 68 anos, que durante a entrevista reconstruiu, a partir de suas lembranças, parte da memória comum ao tempo por ela vivido. A categoria de análise criada, composta de duas vertentes: os medos existenciais e os sociais, focou se nos medos por ela relatados, à luz da historiografia de autores como Delumeau, Duby, Zeldin, Ariés, Lebfreve e Chauí.

Palavras-Chave: medo; emoções; memória e história oral.

 


Palavras-chave


medo; emoções; memória e história oral

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/psi.v4i1.3326

Direitos autorais