Efeitos do Treino Musical sobre a Memória Visual de Curto Prazo em Crianças

Ana Raquel de Oliveira, Jéssica Bruna Santana Silva, Thabita da Silva Sousa, Eveline Silva Holanda Lima, Emerson Diógenes de Medeiros, Paloma Cavalcante Bezerra de Medeiros

Resumo


Este estudo teve por objetivo avaliar a memória de crianças que executam atividades musicais.
Participaram 32 crianças, de 7 a 1 2 anos. Destas, 1 6 faziam aulas de música (condição experimental; M=
9,81 anos; DP = 0,84) e as outras 1 6 não o faziam (condição controle; M= 9,63 anos; DP = 1 ,82). Foram
utilizados o teste pictórico de memória (Tepic-M) e um questionário sociodemográfico. Realizam-se
análises descritivas e o teste t de Student de amostras independentes. A condição experimental apresentou
média superior (M= 11 ,63, DP = 3,07) em relação à condição controle (M= 8, DP = 3,58), obtendo-se
uma diferença estatisticamente significativa entre os grupos [t(22) = 3,07, p<0,05]. Destarte, sugere-se
que a execução musical possa beneficiar a memória de curto prazo.

Palavras-chave


Crianças; música; memória; plasticidade cerebral; teste pictórico de memória

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/psi.v20i1.32489

Direitos autorais 2016 Interação em Psicologia