Aprendizagem Rápida de Comportamento de Ouvinte por um Bebê

Naiara Minto de Sousa, Carlos Barbosa Alves de Souza, Maria Stella Coutinho de Alcantara Gil

Resumo


A exposição dos bebês à apresentação simultânea de um estímulo auditivo e um estímulo visual (pareamento estímulo visual-estímulo auditivo/PVA) ocorre no ambiente natural de interação verbal adulto-bebê. O objetivo deste experimento foi investigar a combinação dos procedimentos de PVA (fotografia-nome) e de matching-to-sample/MTS para a aprendizagem de comportamento de ouvinte por um bebê de 17 meses. A participante foi exposta ao PVA (fotografia-nome) e aprendeu doze relações nome-fotografia em tarefas de MTS. Pseudonomes de duas sílabas foram atribuídos a cada uma de doze fotografias de animais, organizadas em quatro conjuntos. Houve redução progressiva da quantidade de sessões de ensino para cada conjunto, indicando a efetividade da combinação dos dois procedimentos para a aprendizagem rápida de comportamento de ouvinte.


Palavras-chave


pareamento estímulo visual-estímulo auditivo; discriminação condicional; comportamento de ouvinte; pareamento ostensivo; bebê

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/psi.v17i1.28205

Direitos autorais