Responder de Cães por Exclusão em Tarefas de Discriminação Condicional

Maria Clara de Freitas, Thaize de Souza Reis, Táhcita Medrado Mizael, Camila Domeniconi

Resumo


O presente estudo treinou o responder por exclusão em cães por meio do ensino de discriminações condicionais entre objetos e seus respectivos nomes ditados e avaliou empiricamente a influência neste desempenho de dicas sociais humanas (gestos direcionados aos estímulos) quando estas eram direcionadas ao estímulo contrário. Os dois animais demonstraram rápida aquisição de controle pelo estímulo novo, controle que se manteve mesmo com a inserção de dicas sociais contrárias ao estímulo ditado (instruir oralmente a seleção de S+, porém apontar para S-). Foi evidente a influência das dicas sociais contrárias quando os estímulos eram familiares, com ruptura do controle preestabelecido. Discute-se a relevância deste estudo na comparação de diferentes aspectos do ambiente no comportamento canino, e enfatiza-se a necessidade de incluir sondas de controle pela novidade, para pesquisas futuras.

Palavras-chave: exclusão; aprendizagem animal; discriminação condicional; cães. 


Palavras-chave


exclusão; aprendizagem animal; discriminação condicional; cães

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/psi.v16i2.21938

Direitos autorais