Síndrome do intestino irritável: um exercício em análise funcional do comportamento

Carlos Henrique Bohm, Lincoln da Silva Gimenes

Resumo


Na Síndrome do Intestino Irritável (SII), há a alteração na frequência das evacuações intestinais associadas ao quadro de desconforto abdominal. A etiologia desse problema de saúde ainda é pouco conhecida. A literatura psicológica fornece suporte para a compreensão da SII por meio do modelo de estresse, do modelo de motilidade intestinal induzida por contingências e do modelo operante. Neste estudo foi realizado um exercício em análise funcional do comportamento com uma portadora de SII por meio de entrevistas e automonitoramento (AM) prolongado dos sintomas e das atividades diárias, para verificar a existência de relações funcionais entre esses eventos. A participante apresentava um quadro de diarreia que teve remissão durante um período de férias, em função de alteração das demandas acadêmicas. Seus sintomas pareciam adiar atividades aversivas, indicando o controle operante. Este estudo demonstrou a possibilidade de se utilizar a análise funcional como um instrumento capaz de ajudar na compreensão da SII.

 

 

Palavras-chave: análise funcional do comportamento; síndrome do intestino irritável; automonitora- mento; atividades diárias.

 


Palavras-chave


análise funcional do comportamento; síndrome do intestino irritável; automonitora- mento; atividades diárias

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/psi.v14i2.15600

Direitos autorais