Open Journal Systems

ZONEAMENTO CLIMÁTICO PARA TECA, CEDRO AUSTRALIANO, NIM INDIANO E PUPUNHA NO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

Valéria Hollunder Klippel, José Eduardo Macedo Pezzopane, José Ricardo Macedo Pezzopane, Roberto Avelino Cecílio, Fábio da Silveira Castro, Luciano Roncete Pimenta

Resumo


Objetivou-se com este estudo realizar um zoneamento climático para as espécies Tectona grandis, Toona ciliata, Bactris gasipaes e Azadirachta indica, no estado do Espírito Santo. Utilizaram-se dados meteorológicos do período de 1977 a 2006, provenientes de 80 postos pluviométricos da ANA localizados dentro do estado e em 16 postos circunvizinhos, de 11 estações meteorológicas pertencentes ao INCAPER e de 3 do INMET. Os elementos climáticos usados foram a temperatura do ar e a deficiência hídrica anual para a capacidade de água disponível de 300 mm. Fazendo-se uso de um sistema de informação geográfica, classificou-se o estado em zonas de aptidão climática. A espécie Azadirachta indica pode ser implantada em 54,7% da área total, e esse valor elevado foi devido à baixa restrição em relação às exigências climáticas, quando comparado às outras espécies. Todavia, a Bactris gasipaes é a espécie que apresenta a menor porção de área apta para a sua implantação (4,2%), devido às suas restrições hídricas e térmicas, que não condizem com as condições do estado. Tectona grandis e Toona ciliata apresentaram aptidão climática, respectivamente, em 33,3% e 27% da área total.

Palavra-chave:    Espécies florestais; balanço hídrico; sistema de informação geográfica; aptidão climática.

 

Abstract

Climatic zoning for teca, australian cedar, neem and pupunha in state of Espirito Santo. This research aims to make a climatic zoning for the species: Tectona grandis, Toona ciliata, Bactris gasipaes and Azadirachta indica, in State of Espirito Santo. It was used meteorological data from 1977 to 2006, considering eighty rainfall posts of the ANA, located within the state and sixteen posts in surrounding states. Eleven weather stations belonged to INCAPER and three other stations to INMET. The climate elements used were air temperature and annual water deficiency, calculated for a soil water storage capacity of 300 mm. It used geographical information system, ranking the State in areas of climatic suitability. As result, it indicates that the Azadirachta indica can be implanted in 54.7% of the total area of the State, this high value is due to its low restriction in relation to climatic requirements compared to other species. However, Bactris gasipaes is the species that has the lowest amount of area suitable for its implementation (4.2%), due to its thermal and water restrictions not suitable to the State conditions. Tectona grandis and Toona ciliata revealed climatic suitability, respectively, in 33.3% and 27% of the total area of the State.

Keywords: Forest species; water balance; geographic information system; zoning; climate aptitude.


Palavras-chave


Espécies florestais; balanço hídrico; sistema de informação geográfica; aptidão climática.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rf.v43i4.30914