DINÂMICA DO USO E COBERTURA DA TERRA DO MUNICÍPIO DE FLORESTA, PE

Emanuel Araújo Silva, Rinaldo Luiz Caraciolo Ferreira, José Antônio Aleixo da Silva, Iêdo Bezerra Sá, Simone Mirtes Araújo Duarte

Resumo


Objetivou-se mapear a dinâmica de mudança do uso da terra e da cobertura florestal no período de 21 anos (1987 a 2008), no município de Floresta, PE. Foram utilizadas imagens de satélite LANDSAT 5 nos períodos de 1987, 1997 e 2008. Utilizou-se o aplicativo SPRING para elaboração da base de dados cartográficos e do processamento digital das imagens. As imagens foram segmentadas e classificadas pelo algoritmo de Bhattacharya, com a finalidade de produzir mapas temáticos nos seguintes usos da terra: vegetação densa, vegetação semidensa, solo exposto, agropecuária (cultivos/pecuária), corpos d´água e mata ciliar. Para um período de 21 anos, a cobertura florestal recuou 14,83%. O solo exposto teve um ganho de 8,61%, a classe agropecuária acumulou um ganho de 5,75%, os corpos d’água, ao longo do tempo, demonstraram um aumento de 4,03% e a mata ciliar teve tendência à queda ao longo dos períodos analisados, com uma perda total de 3,57%. Esses dados refletem as transformações por que o município de Floresta vem passando quanto ao uso da terra. A diminuição da cobertura florestal do município entre 1987 e 2008 foi a principal consequência da interação clima e pressão antrópica por recursos florestais, necessidade de expansão urbana e atividades agropecuárias.

Palavras chave: Sensoriamento remoto; gestão florestal; semiárido; caatinga.

 

Abstract

Use dinamics and land cover in Floresta-PE. The objective was to map the dynamic changes of land use and forest cover in the last 21 years (1987 to 2008), the City of Forest-PE. We used satellite images LANDSAT 5 periods in 1987, 1997 and 2008. We used the SPRING software for compiling the database and cartographic processing of digital images. The images were segmented and classified by the algorithm Bhattacharya, in order to produce thematic maps in the following land uses: dense vegetation, semi-dense vegetation, bare soil, agriculture (crops / livestock), water bodies and riparian vegetation. For a period of 21 years the forest cover decreased by 14.83%. The soil was exposed to a gain of 8.61%, the class agricultural accumulated gain of 5.75%, water bodies, over time, showed an increase of 4.03% and riparian tended to fall over the periods analyzed with a total loss of 3.57%. These data reflect the changes that the city has been experiencing as of forest land use. The decrease in forest cover between 1987 and 2008 the city was the main consequence of the interaction of climate and anthropogenic pressure forest resources, need for urban expansion and agricultural activities.

Keywords: Remote sensing; forest management; semiarid; caatinga.


Palavras-chave


Sensoriamento remoto; gestão florestal; semiárido; caatinga.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rf.v43i4.27931

Revista FLORESTA
ISSN Eletrônico 1982-4688
fone: 41 3360 4219
revista.floresta@gmail.com

Conteúdos do periódico licenciados sob uma Licença Creative Commons 4.0 Internacional (CC BY 4.0)