ESTIMATIVA DA BIOMASSA E CARBONO ACIMA DO SOLO EM UM FRAGMENTO DE FLORESTA OMBRÓFILA DENSA UTILIZANDO O MÉTODO DA DERIVAÇÃO DO VOLUME COMERCIAL

Péricles Silveira

Resumo


O objetivo principal desta pesquisa foi estimar pelo método da derivação do volume comercial, e comparar com a estimativa realizada por uma equação previamente selecionada para biomassa, o estoque de biomassa e carbono em um fragmento de Floresta Ombrófila Densa localizado nos municípios de Presidente Nereu Ramos e Apiúna, no estado de Santa Catarina. Com as informações de biomassa total, biomassa comercial, densidade básica da madeira, volume comercial e teores de carbono determinou-se o fator de expansão médio, por espécie e por classes de DAP. Estimou-se também, conforme o método de estimativa, a quantidade de dióxido de carbono removido da atmosfera e o valor monetário da floresta. Estes resultados mostraram que as estimativas encontradas pelo método da derivação de volume comercial em estoque de biomassa e carbono, apesar de até o momento ter sido pouco explorado, são confiáveis por estarem próximas às estimativas encontradas pela equação para biomassa assim como dos trabalhos realizados atualmente em florestas de formação natural.

Palavras-chave:  Biomassa; carbono; fator de expansão de biomassa; modelos para biomassa e carbono.

 

Abstract

Above ground biomass and carbon stock estimation through the commercial volume derivation in a Dense Ombrophyllous Forest fragment. The objective of this research was to estimate biomass and carbon amounts through the commercial volume derivation in an Atlantic Rain Forest fragment located in Presidente Nereu Ramos and Apiúna counties, Santa Catarina State, Brazil, and compare the results with a previously selected equation. Using the total biomass, commercial biomass, wood basic density, commercial volume, and carbon content, the average expansion factor by species and DBH classes was calculated. It was also estimated the CO2 amount absorbed from the atmosphere and the monetary value of the forest. The results showed that the estimations obtained through the commercial volume derivation method, although not common, are reliable when compared to the selected biomass equation and the results from other studies carried out in native forests.

Keywords: Biomass; carbon; biomass expansion factor; biomass and carbon models.


Palavras-chave


Biomassa; carbono; fator de expansão de biomassa; modelos para biomassa e carbono.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rf.v40i4.20330

Revista FLORESTA
ISSN Eletrônico 1982-4688
fone: 41 3360 4219
revista.floresta@gmail.com

Conteúdos do periódico licenciados sob uma Licença Creative Commons 4.0 Internacional (CC BY 4.0)