Ad usum vitae. Causalidade e história em Espinosa

Antônio David

Resumo


Com base nas noções fundamentais da causalidade eficiente em Espinosa, busca-se mostrar de que maneira essa modalidade permite ao conhecimento historiográfico superar a dicotomia clássica entre necessidade e liberdade na História. Por meio das noções de modo e de causa próxima, propõe-se uma leitura do estatuto do possível em Espinosa para além de sua designação mais conhecida, a saber, a ignorância sobre o necessário. Ao cabo, o possível histórico emerge da noção de vivido e sua irredutibilidade ao conhecimento.


Palavras-chave


Causa, imanência, transitividade, irredutibilidade, História

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/dp.v16i3.66636

Direitos autorais 2020 DoisPontos



 

Indexadores: AmeliCA, Clase, Dimension, Google Scholar. Diretórios: Academic Journal Database (JSTOR), Diadorim, Diretório Luso-Brasileiro, DOAJ, ROAD. Portais: CAPES, ScienceOpen, World Wide Science.

Qualis Periódicos - Capes: A2

 

  Todo o conteúdo desta revista está licenciado sob a Licença Internacional Creative Commons 4.0 (CC BY 4.0)