A LITERATURA ENQUANTO FONTE HISTÓRICA. O EXERCÍCIO DE REENCANTAMENTO DO MUNDO NA CRÍTICA ROMANTICA DE VICTOR HUGO EM OS TRABALHADORES DO MAR (1866).

Aguinaldo Henrique Garcia de Gouveia

Resumo


O presente trabalho é resultado de um estudo desenvolvido ao longo de um semestre, no ano de 2017, conjuntamente nas disciplinas de Teoria da História III e História Contemporânea I. Partiu da proposta de trabalhar com títulos da literatura do século XIX enquanto fonte histórica, associando-os com conteúdos das disciplinas supracitadas. A obra escolhida foi Os trabalhadores do mar (1866), de Victor Hugo. Trabalhamos, então, com a crítica romântica de Victor Hugo nesse livro, inserindo nosso estudo no leque mais amplo de produções de conhecimento sobre as vertentes de pensamento do século XIX.


Palavras-chave


Victor Hugo; Os trabalhadores do mar; Literatura do século XIX; Romantismo; Teoria do progresso; Racionalidade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/clio.v9i1.68548

Apontamentos

  • Não há apontamentos.