CRESCIMENTO E BIOMASSA DE INDIVÍDUOS JOVENS DE Cabralea canjerana (Vell.) Mart.

Karina Lanzarin, Frederico Dimas Fleig, Evandro Alcir Meyer, Lilian Daniel Pereira, Thomas Schöder, Gerson Santos Lisboa

Resumo


Este trabalho possui como objetivo ajustar e selecionar modelos matemáticos capazes de estimar o incremento periódico em área basal, o volume e biomassa de indivíduos jovens de Cabralea canjerana (Vell.) Mart. O estudo foi desenvolvido no município de Agudo - RS, em uma área de Floresta Estacional Decidual. Para análise de crescimento foram utilizadas 19 árvores. A quantificação da biomassa foi obtida pelo método direto com 14 árvores da espécie. No cálculo de volume foram selecionadas e cubadas 12 árvores pelo método de Smalian. Na modelagem da estimativa das variáveis incremento periódico em área basal, volume, biomassa total, biomassa da madeira e biomassa foliar foram testados seis modelos matemáticos. Para avaliação das equações ajustadas foi utilizada a menor soma dos escores dos critérios estatísticos: coeficiente de determinação, erro padrão da estimativa e coeficiente de variação em percentagem, em conjunto com a análise gráfica da dispersão dos resíduos. O modelo matemático de Schumacher-Hall obteve melhor ajuste nas estimativas de incremento periódico em área basal, volume, biomassas total e da madeira. A equação definida para o incremento periódico em área basal foi lnIPg=-0,149+1,777.lnDAP-0,815.lnHt. A equação de volume selecionada foi lnV=-9.382+1.583.lnDAP+1.064.lnHt. As equações definidas para biomassa aérea total e biomassa da madeira foram lnBt=-3,769+1,779.lnDAP+1,131lnHt e lnBm=-3,986+1,784.lnDAP+1,198lnHt, respectivamente. As equações para estimativa de biomassa foliar obtiveram estatísticas insatisfatórias e apresentaram elevados valores de coeficiente de variação em percentagem.


Palavras-chave


Canjerana; Estimativa de biomassa; Incremento em área basal; Volume

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/biofix.v3i1.57144

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


BIOFIX Scientific Journal. ISSN Eletrônico: 2525-9725

Indexado em: Google Scholar, LivReSumários.orgElectronic Journals Library, PKP Index, WorldCat, CrossrefSabiia (Embrapa), CAB Abstract, Scilit, TIB - German National Library of Science and Technology, CAB DirectBiblioteca Virtual de Biotecnología para las AméricasHsH - Bibliothek, CIARD RING, AGRISPortal de Periódicos da Capes, DiadorimSJIFactor