Rede de coautoria da Universidade Federal de Goiás: o impacto de publicações internacionais

Eduardo Alves Silva, Dalton Lopes Martins

Resumo


Introdução: Propõe-se demonstrar a construção da coautoria dentro da Universidade Federal de Goiás (UFG) e o possível impacto da internacionalização dessa produção. Método: foi realizada a extração de dados referentes a publicações da UFG na base de dados Web of Science (WoS) no período histórico de dezesseis anos (1999-2015), efetivando-se o tratamento do nome dos coautores das publicações de forma a construir a rede de coautoria com o uso de metodologia de análise de redes sociais (ARS). Resultados: obteve-se a rede de coautoria de maior impacto internacional da UFG respondendo à questão sobre a existência da rede e suas características, assim como percepções sobre a internacionalização e desenvolvimento da instituição de acordo com a rede. Conclusão: A criação da rede de coautoria demonstra a divisão de grupos e fatores que a compõem, introduzindo dessa forma contextos que vão além da coautoria, como a internacionalização e o uso das informações obtidas na gestão da pesquisa cientifica em uma instituição.


Palavras-chave


Análise de Redes Sociais; Internacionalização acadêmica; Comunicação científica

Texto completo:

HTML EPUB PDF

Referências


Balbachevsky, E. (1998, Jun.). Uma janela de oportunidades para a sociologia da ciência. Revista Brasileira de Ciências Sociais, 13(37), 197–201. doi: 10.1590/S0102-69091998000200012

Chadegani, A. A., Salehi, H., Yunus, M. M., Farhadi, H., Fooladi, M., Farhadi, M., & Ebrahim, N. A. (2013). A Comparison between Two Main Academic Literature Collections: Web of Science and Scopus Databases. Asian Social Science, 9(5),18–26. doi:10.5539/ass.v9n5p18

Cherven, K. (2015). Mastering Gephi network visualization. Birmingham: Packt Publishing.

da Silva, A. K. A. (2014). A dinâmica das redes sociais e as redes de coautoria. Perspectivas em Gestão & Conhecimento, 4(Número Especial), 27–47. Recuperado de http://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/pgc/article/view/21275

de Fátima S. Maia, M., & Caregnato, S. E. (2008, Maio/Ago.). Co-autoria como indicador de redes de colaboração científica. Perspectivas em Ciência da Informação, 13(2), 18–31. doi:10.1590/S1413-99362008000200003

de Oliveira e Silva, A. B., Matheus, R. F., Parreiras, F. S., & Parreiras, T. A. S. (2006, Jan./Abr.). Análise de redes sociais como metodologia de apoio para a discussão da interdisciplinaridade na ciência da informação. Ciência da Informação, 35(1), 72–93. doi:10.1590/S0100-19652006000100009

de Souza Vanz, S. A., & Stumpf, I. R. C. (2010, Maio/Ago.). Colaboração científica: revisão teórico-conceitual. Perspectivas em Ciência da Informação, 15(2), 42–55. doi: 10.1590/S1413-99362010000200004

Fiorin, J. L. (2007). Internacionalização da produção científica: a publicação de trabalhos de ciências humanas e sociais em periódicos internacionais. Revita Brasileira de Pós-Graduação, 4(8), 263–281. doi: 10.21713/2358-2332.2007.v4.133

Glänzel, W. (2001, April). National characteristics in international scientific co-authorship relations. Scientometrics, 51(1), 69–115. doi:10.1023/A:1010512628145

Katz, J. S. (2000). Scale-independent indicators and research valuation. Science and Public Policy, 27(1), 23–36. doi:10.3152/147154300781782156

Marteleto, R. M. (2001, Jan./Abr.). Análise de redes sociais: aplicação nos estudos de transferência da informação. Ciência da Informação, 30(1), 71–81. doi: 10.1590/S0100-19652001000100009

Matheus, R. F., & Silva, A. B. O. (2006). Análise de redes sociais como método para a Ciência da Informação. DataGramaZero, 7(2), 1–17.

Musso, P. (2004). A filosofia da rede. In A. Parente (Ed.), Tramas da rede: Novas dimensões filosóficas, estéticas e políticas da cognição (p. 17–38). Porto Alegre: Sulinas.

Newman, M. E. J. (2001). Scientific collaboration networks: Network construction and fundamental results. Physical Review E, 64(1). doi:10.1103/PhysRevE.64.016131

Wasserman, S., & Faust, K. (1994). Social network analysis: Methods and applications (structural analysis in the social sciences). Cambridge: Cambridge University




DOI: http://dx.doi.org/10.5380/atoz.v5i2.47854

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Serviços de indexação e agregadores

Web of Science
Directory of Open Access Journals
Sumários.org: sumários de revistas brasileiras
Google Acadêmico
LivRe! Portal para periódicos de livre acesso na Internet
InfoBCI
Latindex Catálogo
Bielefeld Academic Search Engine
INFOBILA: Información Bibliotecológica Latinoamericana
REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico)
Brapci (Base de Dados Referencial de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação Brapci (Base de Dados Referencial de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação

Universidade Federal do Paraná
Mestrado e Doutorado Interdisciplinar em Gestão da Informação
ISSN: 2237-826X
Qualis (2013-2016):
B2 - Comunicação e Informação
B4 - Planejamento Urbano e Regional/Demografia; Saúde Coletiva; Interdisciplinar
B5 - Arquitetura, Urbanismo e Design; Engenharias III
Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional
Esta obra foi licenciada sob uma Licença
Creative Commons Atribuição 4.0 Não Adaptada