DIGESTÃO ANAERÓBIA DE RESÍDUOS ALIMENTARES UTILIZANDO ENSAIOS BMP

Matheus Vitor Diniz Gueri, Samuel Nelson Melegari de Souza, Osvaldo Kuczman, Waldir Nagel Schirmer, William Gouvêa Buratto, Camilo Bastos Ribeiro, Geovanny Broetto Besinella

Resumo


A preocupação com a preservação do meio ambiente e a necessidade de diversificação da matriz energética são alguns dos fatores que têm impulsionado a busca por energias alternativas. Nesse contexto, o presente trabalho analisou o processo de digestão anaeróbia de resíduos alimentares provenientes de um restaurante popular, observando o potencial bioquímico da geração de metano. O experimento consistiu no uso de reatores anaeróbios em regime batelada com volume de 250 mL, sendo 150 mL de volume útil à geração de biogás (headspace) e 100 mL remanescente preenchido nas proporções de 1:1 de substrato:inoculo, em relação ao teor de sólidos voláteis (gSVinoculo:gSVsubstrato). Os reatores foram operados por 30 dias sob temperatura constante em 30°C. Os resultados obtidos apresentam o teor de sólidos voláteis dos resíduos alimentares de 85,21% e uma relação C/N de 18,81. Foi possível alcançar uma produção específica de metano de 0,311 Nm³.kgSVr-1 e reduções de 23,58% para SV e de 81,27% para DQO.


Palavras-chave


Biogás; Energias Renováveis; Potencial Bioquímico de Metano; Resíduos Alimentares

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/biofix.v1i1.55831

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


BIOFIX Scientific Journal. ISSN Eletrônico: 2525-9725

Indexado em: Google Scholar, LivReSumários.orgElectronic Journals Library, PKP Index, WorldCat, CrossrefSabiia (Embrapa), CAB Abstract, Scilit, TIB - German National Library of Science and Technology, CAB DirectBiblioteca Virtual de Biotecnología para las AméricasHsH - Bibliothek, CIARD RING, AGRISPortal de Periódicos da Capes