Rede de coautoria da Universidade Federal de Goiás: o impacto de publicações internacionais

Eduardo Alves Silva, Dalton Lopes Martins

Resumo


Introdução: Propõe-se demonstrar a construção da coautoria dentro da Universidade Federal de Goiás (UFG) e o possível impacto da internacionalização dessa produção. Método: foi realizada a extração de dados referentes a publicações da UFG na base de dados Web of Science (WoS) no período histórico de dezesseis anos (1999-2015), efetivando-se o tratamento do nome dos coautores das publicações de forma a construir a rede de coautoria com o uso de metodologia de análise de redes sociais (ARS). Resultados: obteve-se a rede de coautoria de maior impacto internacional da UFG respondendo à questão sobre a existência da rede e suas características, assim como percepções sobre a internacionalização e desenvolvimento da instituição de acordo com a rede. Conclusão: A criação da rede de coautoria demonstra a divisão de grupos e fatores que a compõem, introduzindo dessa forma contextos que vão além da coautoria, como a internacionalização e o uso das informações obtidas na gestão da pesquisa cientifica em uma instituição.


Palavras-chave


Análise de Redes Sociais; Internacionalização acadêmica; Comunicação científica

Texto completo:

HTML EPUB PDF

Referências


Balbachevsky, E. (1998, Jun.). Uma janela de oportunidades para a sociologia da ciência. Revista Brasileira de Ciências Sociais, 13(37), 197–201. doi: 10.1590/S0102-69091998000200012

Chadegani, A. A., Salehi, H., Yunus, M. M., Farhadi, H., Fooladi, M., Farhadi, M., & Ebrahim, N. A. (2013). A Comparison between Two Main Academic Literature Collections: Web of Science and Scopus Databases. Asian Social Science, 9(5),18–26. doi:10.5539/ass.v9n5p18

Cherven, K. (2015). Mastering Gephi network visualization. Birmingham: Packt Publishing.

da Silva, A. K. A. (2014). A dinâmica das redes sociais e as redes de coautoria. Perspectivas em Gestão & Conhecimento, 4(Número Especial), 27–47. Recuperado de http://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/pgc/article/view/21275

de Fátima S. Maia, M., & Caregnato, S. E. (2008, Maio/Ago.). Co-autoria como indicador de redes de colaboração científica. Perspectivas em Ciência da Informação, 13(2), 18–31. doi:10.1590/S1413-99362008000200003

de Oliveira e Silva, A. B., Matheus, R. F., Parreiras, F. S., & Parreiras, T. A. S. (2006, Jan./Abr.). Análise de redes sociais como metodologia de apoio para a discussão da interdisciplinaridade na ciência da informação. Ciência da Informação, 35(1), 72–93. doi:10.1590/S0100-19652006000100009

de Souza Vanz, S. A., & Stumpf, I. R. C. (2010, Maio/Ago.). Colaboração científica: revisão teórico-conceitual. Perspectivas em Ciência da Informação, 15(2), 42–55. doi: 10.1590/S1413-99362010000200004

Fiorin, J. L. (2007). Internacionalização da produção científica: a publicação de trabalhos de ciências humanas e sociais em periódicos internacionais. Revita Brasileira de Pós-Graduação, 4(8), 263–281. doi: 10.21713/2358-2332.2007.v4.133

Glänzel, W. (2001, April). National characteristics in international scientific co-authorship relations. Scientometrics, 51(1), 69–115. doi:10.1023/A:1010512628145

Katz, J. S. (2000). Scale-independent indicators and research valuation. Science and Public Policy, 27(1), 23–36. doi:10.3152/147154300781782156

Marteleto, R. M. (2001, Jan./Abr.). Análise de redes sociais: aplicação nos estudos de transferência da informação. Ciência da Informação, 30(1), 71–81. doi: 10.1590/S0100-19652001000100009

Matheus, R. F., & Silva, A. B. O. (2006). Análise de redes sociais como método para a Ciência da Informação. DataGramaZero, 7(2), 1–17.

Musso, P. (2004). A filosofia da rede. In A. Parente (Ed.), Tramas da rede: Novas dimensões filosóficas, estéticas e políticas da cognição (p. 17–38). Porto Alegre: Sulinas.

Newman, M. E. J. (2001). Scientific collaboration networks: Network construction and fundamental results. Physical Review E, 64(1). doi:10.1103/PhysRevE.64.016131

Wasserman, S., & Faust, K. (1994). Social network analysis: Methods and applications (structural analysis in the social sciences). Cambridge: Cambridge University




DOI: http://dx.doi.org/10.5380/atoz.v5i2.47854

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Universidade Federal do Paraná
Mestrado Interdisciplinar em Ciência, Gestão e Tecnologia da Informação
ISSN: 2237-826X
B4 - Planejamento Urbano e Regional/Demografia; Saúde Coletiva; Interdisciplinar
B5 - Ciências Sociais Aplicadas I; Arquitetura e Urbanismo
Licença Creative Commons
Esta obra foi licenciada sob uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada