COMO SE EXPLICA O NEOLIBERALISMO NO BRASIL? UMA ANÁLISE CRÍTICA DOS ARTIGOS PUBLICADOS NA REVISTA DADOS

Lucas Massimo

Resumo


O artigo analisa a produção bibliográfica publicada pela revista Dados acerca da implantação das reformas
orientadas para o mercado no Brasil, durante os anos 1990, com vistas a mapear as diferenças e as semelhanças
entre as explicações predominantes nesse periódico. A análise foi realizada por meio da confecção de fichas de
leitura para isolar a estrutura lógica da argumentação de cada artigo analisado. A grade de leitura discerniu os
seguintes elementos estruturantes: (i) o problema e pergunta de pesquisa; (ii) o objeto; (iii) os objetivos e conclusões,
e por fim, (iv) a tese de cada artigo. Por meio do enquadramento de 38 artigos foi possível constituir três famílias de
argumentos: a primeira ressalta os argumentos sociológicos, identificando três explicações para as quais a causa
das reformas encontra-se na sociedade brasileira. A segunda reúne duas explicações pragmáticas, que postulam a
inexorabilidade das reformas orientadas para o mercado. A terceira constitui-se por duas explicações
institucionalistas, que procuram nas instituições políticas a causa para a implantação das reformas neoliberais. O
artigo revela que as análises das reformas neoliberais no Brasil foram realizadas a partir de dados empíricos ricos
e diversificados, mas que, por outro lado, ainda denotam um debate teórico e conceitual bastante incipiente.


Palavras-chave


neoliberalismo; análise bibliográfica; revista Dados; Economia Política brasileira; Sociologia Política brasileira

Texto completo:

PDF


Revista de Sociologia e Política. ISSN: 0104-4478 (versão impressa)
1678-9873 (versão online)